Let me sing, Let me sing, Raul seixas

Let me sing, Let me sing, de Raul Seixas e Nadine Wisner

Let me sing, que por coincidência do acaso é o nome deste singelo blog,  foi mais um clássico do compositor baiano Raul Seixas, tendo sido mostrada ao mundo pela primeira vez no VII Festival Internacional da Canção.

Os festivais da canção dos anos 60 e 70 foram acontecimentos singulares, revelaram grandes nomes da música presentes até hoje no cenário musical brasileiro e Raul em início de carreira, como não podia deixar passar, resolveu inscrever sua canção em parceria com Nadine Wisner “Let me sing, Let me sing” para as eliminatórias do evento de 1972, na sua sétima edição.

O júri não entendeu Raul e a canção nem chegou a sair das eliminatórias, mas o rapaz mostrou para que veio ao mundo, misturando seu rock e baião com uma maestria peculiar, característica de sua personalidade debochada, com humor, irreverência e uma crítica sutil e contumaz ao momento político perigoso que a ditadura impunha no momento.

Raul chegou e barbarizou logo de início.

Ainda no ano de 1972 lançou a canção em compacto simples produzido por Marco Mazzola e lançado pela “Philips Records”, no lado B, veio de brinde “Teddy Boy, Rock e Brilhantina”, outra canção pouco conhecida do autor. O compacto também não aconteceu e o mundo ainda carecia de saber quem era Raul, o tempo passou e a história mostrou que a obra de Seixas não podia ficar apagada.

Se você ainda não conhece a canção, ouça, confira a letra e se delicie com esse clássico de um dos maiores e mais importantes nomes de nossa música.

Let me sing, Let me sing (Raul Seixas e Nadine Wisner)

Uah-bap-lu-bap-lah-bein-bum!!!

Let me sing, let me sing
Let me sing my rock’n’roll
Let me sing, let me swing
Let me sing my blues and go, say

Não vim aqui tratar dos seu problemas
O seu Messias ainda não chegou
Eu vim rever a moça de Ipanema
E vim dizer que o sonho
O sonho terminou
Eu vim rever a moça de Ipanema
Ei dizer que o sonho
O sonho terminou

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *